Bocalom vai à 66ª Reunião Anual da SBPC

Bocalom vai à 66ª Reunião Anual da SBPC

O candidato ao governo do Acre, Bocalom, da Coligação Produzir para Empregar, esteve, na manhã desta quarta-feira (23), na 66ª Reunião da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SPPC). A convite do líder indígena e candidato a deputado estadual Sabá Manchinery, o democrata participou da palestra “A ciência e o Saber na Perspectiva Indígena”. Em seu Plano de Governo, o candidato defende a união dos conhecimentos (tradicional e científico) e respeito a toda forma de saber das populações tracionais.

Bocalom avalia como de fundamental importância a inclusão desses saberes na agenda científica contemporânea, naquilo que advirá dela que será a produção e mais conhecimento. “Além de valorizarmos as diversas formas de conhecimento tradicional, é a partir do estudo científico que se produzirão novos conceitos e soluções para o desenvolvimento da região de floresta. O nosso governo, além de lutar pela demarcação das 21 áreas de terras indígenas restantes no Acre, vai unir saberes, tal qual está na concepção da Universidade da Floresta, idealizada pelo meu candidato a vice, deputado Henrique Afonso, e apoiado pelo nosso candidato ao senador, Roberto Duarte”, disse Bocalom.

“O conhecimento tradicional adquirido ao longo de centenas de anos será essencial para a adaptação aos desafios do século XXI.  Ainda assim, as profundas alterações econômicas e sociais devem-se às inovações tecnológicas, que estão tornando cada vez mais difícil a transmissão de conhecimentos às próximas gerações. Uma transmissão bem sucedida de conhecimentos tradicionais será a chave para adquirir uma transição de valor. Vamos facilitar a transmissão de herança cultural e utilizá-la num processo de transformação”, afirmou Sabá Manchinery.

[press release do candidato]