Fazia tempo que um presidente (a) do TJ não pisava em Sena Madureira

Que bom que a presidenta Cesarinete foi ao principado.

J R Braña B. – 

cesarinete des

 

PSM

Presidente do Tribunal de Justiça do Acre participa da instalação do CEJUS em Sena; Mano Rufino destaca importância da iniciativa

A presidente do Tribunal de Justiça do Acre, Desembargadora Cesarinete Angelim, participou na tarde desta quinta-feira, 23, de um evento na Comarca do Fórum Desembargador Vieira Ferreira que marcou a instalação do Centro Judiciário de Serviço de Solução de Conflitos e Cidadania (CEJUS), em Sena Madureira. A cerimônia contou também com a presença do prefeito Mano Rufino (PSB), vereador Gilberto Lira (PR), presidente da câmara, procurador do estado, Leonardo Cesário, Juiz de Sena Madureira, Fábio Alexandre, dentre outras autoridades.

O CEJUS contará com uma equipe capacitada para atuar na mediação de conflitos buscando a conciliação entre as partes.

“A mediação e conciliação surgem como alternativas para a solução de conflitos”, ressalta presidente do TJ/AC                  

A Desembargadora Cesariente Angelim, presidente do Tribunal de Justiça do Acre, lembrou em sua fala que essa é a 10ª unidade do CEJUS que está sendo implantada no interior do Acre. Ela falou da satisfação em participar do evento em Sena Madureira, ressaltando que a mediação e a conciliação surgem como alternativas para a solução de conflitos. “Quando instalamos o CEJUS abrimos uma nova porta de acesso à população junto ao judiciário. Com isso, os casos menos graves podem ser resolvidos através da conciliação, deixando a jurisdição para os mais complexos. A meta é promover acordo onde existe conflito”, completou.

Em sua fala, o prefeito Mano Rufino (PSB), parabenizou a Desembargadora pela iniciativa e disse que quem ganha, com isso, é a comunidade. “Com certeza é uma conquista para Sena Madureira, pois se trata de uma ferramenta importante onde a população pode recorrer em caso de necessidade. Estamos nos colocando à disposição para trabalhar em parceria e nesse momento parabenizamos a iniciativa do Tribunal de Justiça”, comentou.

Representando o governo do estado, o procurador Leonardo Cesário, também parabenizou a iniciativa do TJ/AC. “O estado do Acre entende que a conciliação é importante. Com o Cejus, será possível encontrar saídas para os conflitos antes mesmo que eles se judicializem”, pontou.

O Centro Judiciário de Serviço de Solução de Conflitos e Cidadania (CEJUS) passa a funcionar na Comarca do Fórum Desembargador Vieira Ferreira, localizado à Rua Cunha Vasconcelos, das 9 horas da manhã às 18 horas.

tj em senatj em sena1