Aleac divulga: recuperação da Estrada da Borracha (Xapuri)

Divulgação Aleac:

Matérias do Poder Legislativo do Acre

aleac divulga

 

Deputado Lourival Marques elogia complexo de piscicultura do Estado

Durante sessão ocorrida na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), nesta terça-feira (17), o deputado Lourival Marques, líder do PT na Casa, falou sobre a visita dos parlamentares ao Complexo de Piscicultura Peixes da Amazônia, ocorrida na última quinta-feira (12).

A pedido do presidente da Mesa Diretora da Casa, deputado Ney Amorim (PT), os parlamentares foram conhecer melhor as instalações e o processo de produção que envolve o centro de alevinagem, a fábrica de rações, o frigorífico e os negócios que estão sendo realizados pela Peixes da Amazônia.

“Quero agradecer aos deputados que se fizeram presentes e puderam discutir e verificar o investimento que o governo fez no Complexo de Piscicultura, em parceria com empresas privadas. Os parlamentares tiveram a oportunidade de ver como é a metodologia de toda a cadeia produtiva do pescado. Presenciei o início desse processo, desde a aquisição daquele terreno e fico muito feliz em poder compartilhar esta conquista, ” finalizou.

 

——————


Deputado Jairo Carvalho se solidariza com vítimas do rompimento de barragem em Minas Gerais

O deputado Jairo Carvalho (PSD) usou seu tempo na tribuna durante a sessão ocorrida nesta terça-feira (17), na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), para relatar a visita que os parlamentares fizeram ao Complexo de Piscicultura Peixes da Amazônia. O deputado também se solidarizou com as vítimas das cidades afetadas pelo rompimento de duas barragens de dejetos de mineração em Mariana- MG.

“Venho falar da nossa visita à Peixes da Amazônia e quero parabenizar todo o investimento que vem sendo feito naquele local. O desejo de todo acreano é que este projeto realmente dê certo e gere cada vez mais empregos para o nosso Estado”.

Jairo Carvalho lembrou ainda as vítimas do rompimento da barragem de Fundão, da mineradora Samarco, que causou uma enxurrada de lama, inundando várias casas no distrito de Bento Rodrigues, em Mariana, na Região Central de Minas Gerais. Doze pessoas morreram, outras 12 estariam desaparecidas e cerca de 500 mil tiveram o abastecimento de água suspenso.

“Não podemos deixar de falar sobre a tragédia ocorrida em Vila Mariana, onde milhares de pessoas perderam suas moradias, seus entes queridos e hoje se encontram desoladas com esta situação. Em solidariedade às vítimas daquela tragédia, quero pedir um minuto de silêncio a todos os presentes. Fica aqui nosso sentimento a esses brasileiros que foram atingidos por aquele rio de lama, ” concluiu.

————————–

Recuperação da Estrada da Borracha é comemorada pela deputada Leila Galvão

A deputada Leila Galvão (PT) falou durante sessão ocorrida nesta terça-feira (17), na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), sobre a visita que fez ao município de Xapuri, na semana passada. A parlamentar destacou que foi acompanhar o trabalho de restauração de 12 km da Estrada da Borracha.

“Quero aqui fazer um reconhecimento público ao diretor-presidente do Deracre, Cristovam Moura, que prontamente atendeu nosso encaminhamento para recuperação de 12 km da Estrada da Borracha, em Xapuri. Aquela via tem grande tráfego de pessoas, uma vez que dá acesso a lugares muito visitados naquele município”.

Leila Galvão também falou sobre as reivindicações que fez para a recuperação da estrada que liga Rio Branco a Assis Brasil. De acordo com ela, cerca de 30 km necessitam ser restaurados e em visita ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), foi garantido que a obra será iniciada o quanto antes.

 

———————-

Entrega de equipamentos a microempreendedores é destacada pelo deputado Daniel Zen

Durante o Pequeno Expediente, em sessão ocorrida na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), nesta terça-feira (17), o deputado Daniel Zen (PT), líder do governo na Casa, falou sobre a entrega de equipamentos para microempreendedores realizada pelo governo do Estado, por meio da Secretaria de Pequenos Negócios. Parabenizou ainda a Mesa Diretora da Aleac pela visita realizada ao Complexo de Piscicultura do Estado.

O deputado Daniel Zen destacou a entrega de 220 equipamentos para implantação de novos empreendimentos, uma iniciativa do governo do Estado, através do Programa de Incentivo de Pequenos Negócios. O novo investimento ultrapassa o montante de R$ 400 mil e cerca de 550 empreendedores foram beneficiados direta e indiretamente.

“Foi feito um investimento de quase meio milhão de reais. Desde 2011 já são 16 mil de novos pequenos negócios, graças ao apoio que o governo tem oferecido, somado ao esforço de outros órgãos como o Sebrae. A Secretaria de Estado de Pequenos Negócios vem fazendo investimentos e aquisição de equipamentos para melhorar a vida do trabalhador. Mais de 600 novos postos de trabalho foram preenchidos, demonstrando, assim, o acerto desse tipo de iniciativa”.

O parlamentar falou ainda sobre a visita do ministro da Cultura, Juca Ferreira, que veio ao Estado na última semana para participar da “Teia Indígena”, realizada no Pontão de Cultura Centro de Saberes da Floresta Yorenka Ãrame, em Marechal Thaumaturgo, no Alto Juruá. Durante o encontro, aconteceram debates a respeito da continuidade da política cultural para pontos de cultura e outros temas de interesse dos Povos da Floresta, como infraestrutura, capacitação técnica, circulação de bens culturais e Política Indígena Nacional.

 

—————-

Deputado Jenilson Leite pede melhorias para Marechal Thaumaturgo e Porto Walter

Durante a sessão desta terça-feira (17), na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), o deputado Jenilson Leite (PCdoB) falou sobre as visitas que fez durante o final de semana aos municípios de Porto Walter e Marechal Thaumaturgo e sobre as reivindicações que lhes foram apresentadas. Relatou também a inspeção que os parlamentares fizeram ao Complexo de Piscicultura Peixes da Amazônia.

O parlamentar destacou que durante visita a Porto Walter foi informado que no local não há políticas públicas que insiram a juventude em programas específicos. Para o município de Marechal Thaumaturgo, ele pediu que sejam tomadas providências em relação ao trabalho prestado pela empresa de telefonia OI, uma vez que os moradores do local ficaram três dias sem sinal telefônico por conta de falhas da operadora.

Jenilson Leite falou ainda sobre a visita que os parlamentares fizeram ao Complexo de Piscicultura Peixes da Amazônia e salientou a importância de conhecer melhor os investimentos que vêm sendo realizados no Estado.

“Me impressionou muito a política que está sendo estabelecida no Complexo de Piscicultura do Acre. Este é um dos projetos que estabelece um diferencial em nosso Estado, inserindo tecnologia e avançando de maneira qualificada. Vi ali uma iniciativa que é fruto da preocupação de um governo que está em constante busca para sair do estado de total dependência.

——————–

 

Deputado Luiz Gonzaga relata reforma na ZPE no valor de R$ 350 mil

O deputado Luiz Gonzaga (PSDB) relatou durante a sessão desta terça-feira (17), na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), uma possível reforma que será feita na Zona de Processamento de Exportação (ZPE), orçada em R$ 350 mil. Para o parlamentar, o empreendimento que geraria 6 mil postos de trabalho não alcançou os objetivos previstos e ‘fracassou’ em seu propósito.

“Os senhores sabem da novidade? Agora querem fazer uma reforma de R$ 350 mil na ZPE. Imaginem vocês um empreendimento que não funcionou. Um elefante branco. Enquanto isso falta tudo nos hospitais, não existem recursos. O dinheiro é gasto dessa forma como estamos vendo. É mais um investimento como tantos outros, como a fábrica de tacos. Diziam que iria gerar empregos, quando na realidade não geram nada”, disse o deputado tucano.

Luiz Gonzaga estendeu as críticas às administrações petistas. Ele lamentou que o Acre dependa de recursos federais para o alavancamento da sua economia. Gonzaga disse que o PT deveria pedir desculpas pela falta de planejamento em suas ações.

“O governo do PT só gera esperança e não realiza nada. É por isso que está o desemprego grande, porque o Estado continua dependendo de recursos do governo federal. O governo do PT tem que pedir desculpas à sociedade e reconhecer que só investiu errado, e por conta disso é que o Estado está nessa situação”, considerou.

Ainda falando em ZPE, o deputado oposicionista leu matéria que apresentava o empreendimento como um advento à economia local.  Seriam pelo menos 14 empresas instaladas, gerando 14 mil empregos. Entretanto, os R$ 30 milhões investidos não trouxeram retorno.

 ——————————-

Deputada Maria Antônia lamenta atentados à França e pede um minuto de silêncio

A deputada Maria Antônia (PROS) lamentou os atentados à França, ocorridos na última sexta-feira (13), executados por terroristas ligados ao grupo Estado Islâmico. Em seu discurso durante a sessão desta terça-feira (17), na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), ela pediu um minuto de silêncio em homenagem às 120 pessoas assassinadas nos ataques.

“Esta semana tivemos uma notícia muito triste. Que pudéssemos fazer um minuto de silêncio. Sabemos que a França é um país distante, mas fazemos essa homenagem por questão humana mesmo. Nós vemos muita coisa, mas tanta morte de uma vez só, de um modo cruel, atinge o nosso coração”, disse a parlamentar acreana.

Outro assunto tratado pela deputada Maria Antônia diz respeito à visita ao Complexo de Piscicultura do Acre, na última quinta-feira (12). Ela destacou a iniciativa da Mesa Diretora da Aleac, por meio do presidente do Parlamento acreano, deputado Ney Amorim (PT).

“Fiquei muito feliz, muito orgulhosa. O nosso coração se enche de alegria. Um empreendimento daquele está dando oportunidade para muitas pessoas. E essa iniciativa do nosso presidente Ney, é louvável”, pontuou.

 

 

——————

Deputado Raimundinho da Saúde diz que Saúde no Brasil está na UTI

O deputado Raimundinho da Saúde (PTN) fez um balanço, na sessão desta terça-feira (17), das ações desenvolvidas por ele na última semana em municípios do Vale do Juruá. Dentre as ações, ele citou a participação na posse dos presidentes municipais do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde do Acre (Sintesac).

“Gostaria de pedir desculpas aos nobres colegas, porque eu tive que visitar as unidades de saúde e acompanhando o Sintesac na nomeação dos novos presidentes nos municípios do Vale do Juruá. Aproveitamos para fazer visitas a muitos colegas nossos que encontram dificuldades em muitas áreas”, disse o parlamentar ao comentar a visita feita ao senhor Jaime, em Cruzeiro do Sul, que foi vítima de uma descarga elétrica. No entanto, mesmo com limitações trabalha na oficina de motos da família.

Raimundinho da Saúde relatou, ainda, a demora na instalação de um aparelho de radiografia em Feijó. “O aparelho de radiografia está há quase um ano para ser instalado”, disse o deputado trabalhista.

O deputado pediu uma maior atenção para a Saúde e disse que é necessário um despertar. “Vi que a Saúde no Brasil ela está na UTI. A Saúde foi deixada em segundo plano. Isso aqui é independente de sigla partidária. Em todos os estados do país a Saúde se encontra deficitária. Precisamos fazer com que a Saúde desperte. Está carente de mão de obra”, ressaltou ele ao frisar um encontro de profissionais em Saúde que aconteceu em Salvador.

Finalizando seu pronunciamento, o parlamentar parabenizou o presidente Ney Amorim (PT) pelo apoio à II Conferência da Pessoa com Deficiência, que acontece nesta terça-feira, no auditório da Universidade Federal do Acre (Ufac). Ele lembrou que o governo do Estado já licitou 2 mil cadeiras de rodas e 60 motorizadas, além da vinda de oficina ortopédica itinerante.

“Quero parabenizar o presidente Ney Amorim que ajudou na realização da II Conferência da Pessoa com Deficiência, que acontece hoje no auditório da Ufac. Mais de 20% da população brasileira tem um tipo de deficiência”, ponderou.

 

——————

Deputado Antônio Pedro pede melhoria nos serviços de perfuração de poços em Xapuri 

O deputado Antônio Pedro (DEM) reivindicou durante a sessão desta terça-feira (17), na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), a necessidade de melhorias no serviço de perfuração de poços artesianos na região da Sibéria, em Xapuri.

“Em visita à Sibéria, as pessoas daquela área falaram sobre o problema do abastecimento de água. A empresa que ganhou a licitação, segundo eles, até agora não terminou perfuração dos poços. Os que mais precisavam ficaram por último. Muitos foram feitos com um serviço de má qualidade. Eu entrei em contato com o diretor do Depasa, Edvaldo Magalhães, e ele me assegurou que essa semana vai buscar uma solução”, disse o parlamentar.

Antônio Pedro citou outras duas localidades que necessitam dos serviços de abastecimento de água potável, por meio da perfuração de poços: o Assentamento Tupá, em Xapuri, e o Polo Moveleiro de Epitaciolândia.

“No Assentamento Tupá tem um problema grave de abastecimento de água, e em Epitaciolândia, no Polo Moveleiro, eles relataram que também não tem água. Ali tem um problema de água muito sério. Quem tem carro carrega lá da sede do município”, citou.

 

——————

Deputado Gehlen Diniz repudia deputados federais que votaram na MP

O deputado Gehlen Diniz (PP) repudiou, na manhã desta terça-feira (17), em seu pronunciamento na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), a atitude dos deputados federais acreanos Sibá Machado (PT/AC), Léo de Brito (PT/AC), Raimundo Angelim (PT/AC) e César Messias (PSB/AC), que votaram favoráveis a Medida Provisória 688/2015.

De acordo com a MP aprovada na Câmara dos Deputados, o governo federal transfere o risco hidrológico, ou seja, a falta de chuvas na geração de energia, ao consumidor final.

“Apesar das negativas do governo federal, essa medida transfere ao consumidor final os riscos hidrológicos. Tivemos quatro deputados votando a favor da mesma: Sibá Machado, Léo de Brito, Raimundo Angelim e César Messias. Esses são deputados que votam de acordo com o governo e não estão nem aí para a população. A conta de energia elétrica tende a aumentar”, salientou.

Gehlen Diniz comentou, ainda, o desastre ambiental ocorrido no distrito de Mariana-MG. Para ele, o Brasil não é um país sério, isso porque os responsáveis pela maior tragédia já ocorrida em Minas Gerais não estão presos e todos os crimes são afiançáveis.

“Desse desastre ambiental, conclui-se que este país não é um país sério. Dezenas de pessoas morreram numa tragédia anunciada. Aqui no Brasil não acontece nada. Milhares de pessoas prejudicadas. A quarta maior bacia hidrografia atingida por uma mineradora e nada acontece”, lamentou o deputado progressista.

 

—————

Deputado Chagas Romão lembra anteprojeto que pede a redução do ICMS na conta de luz

O deputado Chagas Romão (PMDB) lembrou em seu discurso na sessão desta terça-feira (17), na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), que apresentou por diversas vezes anteprojetos que pedindo a redução no ICMS cobrado na conta de energia elétrica.

“Ouvindo os amigos que me antecederam, eu vi quando deputado Gehlen trouxe a preocupação dessa medida que foi aprovada na Câmara. Nós temos o nosso Estado que tem uma das energias mais caras. Aqui nesta Casa, há anos atrás, apresentei vários anteprojetos para que pudéssemos reduzir o ICMS para 17%. Hoje ele está em 25% e vemos cada vez mais aumento. Isso nos preocupa. Aonde vamos chegar?”, indagou o peemedebista.

Chagas Romão acrescentou que o salário mínimo não acompanha a inflação. Ele teme que a medida provisória aprovada na Câmara tenha consequências drásticas junto às camadas mais pobres da sociedade.

“Como é que vamos resistir. Temos uma das temperaturas mais altas. Daqui uns dias os mais pobres não vão poder ter nem um ventilador. A inflação está alta demais. Só vemos aumento e nada de aumentar os salários das pessoas. O ser humano quando percebe que o seu salário não dá para sustentar a sua casa, ele se desespera. Eu também tenho essa preocupação”, comentou.

Quanto aos bons resultados do Acre na Educação, segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD), o parlamentar aproveitou para parabenizar os professores acreanos.

“Parabenizo o senhor, deputado Daniel Zen, que trouxe uma boa notícia para nós, mas ao mesmo tempo parabenizo os professores do Acre pelo incentivo que têm mostrado, pela a garra e a luta encampada para que tenhamos uma Educação melhor”, pontuou Chagas Romão.

—————

Responsabilidade: Agência Aleac