Made in Xapuri: 1,6 milhão de camisinhas exportadas nesta terça

‘Esse Acre não produz nada’. diriam os últimos candidatos derrotados ao governo da oposição – J R Braña B.

AgGov:

camisinha-xapuri
Carreta é carregada de camisinhas de Xapuri vendidas ao Ministério da Saúde (Foto: Cedida)

A produção na fábrica de preservativos masculinos do Acre Natex segue bom ritmo neste dezembro. Nesta segunda-feira, 19, uma carga de 1,6 milhão de unidades de preservativos saiu de Xapuri com destino a Brasília, para atender mais uma demanda de solicitação do Ministério da Saúde (MS).

A Natex – que utiliza a borracha nativa como matéria-prima e tem por principal missão a preservação da floresta – gera atualmente 170 empregos diretos e possui 700 famílias cadastradas e envolvidas na venda do látex direto à fábrica.

Recentemente, uma remessa de mais de dois milhões do produto também foi enviada para o Pará. O contrato entre a fábrica e o MS se dá por intermédio da Fundação de Estado de Tecnologia do Acre (Funtac), que terá até meados de 2017 para totalizar o repasse de 90 milhões de preservativos.

De acordo com a diretora-presidente da Funtac, Silvia Luciane Basso, a parceria do ministério reforça a credibilidade do trabalho realizado com as comunidades extrativistas no Acre, ao mesmo tempo em que a Natex contribui para o reforço das ações de unidades básicas de saúde e de campanhas de combate às Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST’s).