MBittar e Mailza votam com a coca-cola e privatizam água (v)

#aguaprivada

Eles vão dizer que é para melhorar a distribuição, o fornecimento e a qualidade da água (e até o preço da tarifa) que você recebe em casa…e também virão com o bla bla blá que agora os bairros de todo o Acre vão receber saneamento etc etc…

água
Senadores eleitos pelo Acre, MBittar e Mailza Gomes, votaram para privatizar a água, um bem social e fundamental que não deveria ser entregue a nenhuma empresa privada.

Dois senadores do Acre – MBittar (MDB) e Mailza Gomes (PP) votaram pela privatização da água no Brasil no PL 4162, que cria novo marco regulatório no saneamento (a câmara dos deputados já havia feito a sua parte nesse crime contra o patrimônio público, que é privatizar a água)

Petecão votou contra, como mostra o registro do senado abaixo…Foi um massacre em favor das empresas e contra os consumidores: 65 a 13

água

Mesmo modelo

Como no caso da energia, que a tarifa do serviço de interesse social sobe ao interesse da empresa privada, o mesmo ocorrerá com a conta de água no Acre (e no Brasil).

No mundo inteiro a tendência é o contrário do que se aposta no Brasil…cidades símbolos e importantes como Londres, Paris e Berlin as empresas de água foram ou estão sendo remunicipalizadas…não deu certo a privatização.

‘Senador da Coca-cola’

O senador da Coca-cola Tasso Jereissati (PSDB), apelido cunhado pelo deputado Glauber do PSol(RJ) foi o relator do PL do marco do saneamento….Jereissati e seu grupo empresarial comandam empresa no Brasil sócia da coca-cola e têm interesse em controlar aquíferos/mananciais de água.

Faz todo sentido…para eles.

Pasme! Foram apresentadas 86 emendas ao projeto original.

Mas o relator, o senador coca-cola Tasso Jereissati – acatou apenas uma.

O vídeo não é atual, mas vale para entender o que se passou no senado no dia de ontem…assista e depois tem o Em tempo:

Em tempo: notaram que o JN/Globo da noite passada deu todo apoio a essa decisão que privatiza a água..pior: sequer ouviu uma posição contrária à privatização da água…ou seja, faz oposição a Bolsonaro (no comportamento) porém o apóia nas decisões e políticas do desgoverno que favorecem ao mercado e prejudicam a maioria da população.

Em tempo 2: dos mesmos autores que diziam que:
-A Lava Jato é um marco do combate à corrupção;
-A Reforma Trabalhista (e da Previdência) vai gerar milhões  de empregos;
-Primeiro a gente tira a Dilma, prende o Lula e tudo vai ser uma maravilha no Brasil;
-A PEC do Teto que congelou por 20 anos investimentos públicos vai recuperar a capacidade de investimento do Estado;
-A cobrança de bagagem em voos vai reduzir o preço das passagens aéreas

Em tempo 3: vai ficar por isso mesmo…depois de 54 mil mortes por covid devido à  irresponsabilidade de um desgoverno…não seria a privatização de um bem essencial, imagina, que vai levar pessoas a protestar e exigir não privatizar a água….claro que não! A nossa consciência coletiva…’consciência’…o que é isso?

J R Braña B.


petecão