Vídeo: As academias não serão mais as mesmas

academias

Miha

academia

As academias não serão as mesmas – Estúdios de eletroestimulação oferecem segurança e treinos individualizados em tempos de Covid-19

A pandemia do novo coronavírus fez com que o exercício físico se tornasse um desafio. Com a abertura parcial das atividades das academias, a vontade de malhar é grande, mas o medo também. Neste cenário, os estúdios de eletroestimulação surgem como uma alternativa de treino seguro devido ao seu modelo de negócio focado em atendimento de pequenos grupos em um treino rápido, de 1 a 2 vezes por semana. E a miha, marca pioneira e líder de mercado de eletroestimulação, mantém o crescimento das atividades no Brasil mesmo na crise e traz novos protocolos de atendimento no pós-pandemia desenvolvidos na Alemanha, matriz da empresa.

O treino com eletroestimulação possui diferenciais em relação às academias convencionais. Ele é individualizado, com agendamento prévio e, durante a aula, ficam apenas o professor e o aluno na sala, mantendo o isolamento social. Todo o material utilizado, como o colete e os eletrodos que conduzem a corrente elétrica, são higienizados com álcool 70 antes e depois da sessão. Tanto o aluno quanto o professor recebem uma máscara facial, que deve ser descartada a cada treino. O ambiente de treino é frequentemente higienizado e as sessões ocorrem com 1 hora de intervalo entre elas. 

Assista:

(…)


Em Sena Madureira
gladsonc