Bocalom: ‘Quem não tem dinheiro anda de cabeça baixa’ (v)

bocalom

oestadoacre, live – vídeo no final do post

bocalom

O convidado de oestadoacre, live desta quinta foi o pré-candidato a prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom.

-Tenho experiência de administrar prefeitura..
-Quero melhorar a qualidade de vidas pessoas
-É preciso gerar riqueza e Rio Branco precisa disso
-Uma cidade não vive só de beleza
-É preciso ter dinheiro circulando
-É preciso melhorar a saúde
-Temos problemas de mobilidade urbana e de habitação
-Rio Branco é uma das piores em desenvolvimento humano do Brasil
-A prefeitura não resolve tudo, mas tem que buscar soluções
-Podemos ajudar na segurança pública
-Rio Branco tem bastante recursos
-Acrelândia é a pior receita do Acre..Rio Branco leva 50% do ICMS do estado
-Falta gestor em Rio Branco que preze pela transparência
-Vamos formar uma equipe boa em Rio Branco se vencer as eleições
-Nossa juventude está abandonada
-Espaços públicos estão abandonados
-Quero escolas de tempo integral em Rio Branco
-Programa saúde da família tem que funcionar
-Agentes de saúde não foram aproveitados nesta pandemia pela prefeitura
-Na nossa gestão as Unidades de Referência vão trabalhar até 10 da noite
-Depois dessa pandemia vamos precisar de muitos psicólogos
-Precisamos cuidar da periferia e não só do centro
-Temos que ter carinho pela periferia
-A maior parte de Rio Branco foi de invasões
-Vivemos hoje o problema do passado
-A gente tem que aprender a copiar
-Os recursos da pandemia vão ser pior que a lavajato
-Graças a Deus nunca tive visita de polícia na porta da minha casa
-Sou um crítico do desenvolvimento sustentado
-Que seja sustentado no tripé: econômico, social e ambiental
-Quem não tem dinheiro anda de cabeça baixa
-Não podemos ser escravos da floresta
-Eu tive um grupo de teatro
-Eu aprendi tocar violão…eu fazia serenatas
-Eu gosto de cultura e é um mercado
-Temos de despertar a nossa juventude
-A Marfisa será meu braço direito
-É uma professora e muito preparada
-Ela vem de uma família pobre.
-Eu já fui boia-fria
-Quando eu tinha serraria e virei prefeito tive que vender a serraria
-Não tava certo eu prefeito comprar da minha própria serraria
-Na eleição do Jorge Viana (governo) eu ajudei muito e isso me derrubou…
-Mas deixa pra lá
-Como prefeito vou pra cima por um transporte coletivo de qualidade
-Os mercados precisam ser agradáveis
-Não pode ser esse calor absurdo
-A prefeitura de Rio Branco nunca assumiu os ramais
-São 1,8 mil km de ramais em Rio Branco
-Sonhava em ser candidato com apoio do governo
-Eu respeito o governador
-Eu sempre lutei contra o poder
-2010 todo mundo sabe que eu não perdi aquela eleição
-Minha candidatura foi segura pela presidente do PP, a senadora Mailza
-Antes eu dizia que era candidato porque era o dono da bola…agora eu fui convidado
-Desejo boa sorte ao governador e pra nós
-A nossa candidatura está segura
-Não é fácil
-O que vai prevalecer é a minha história
-O PSB da prefeita (Socorro Neri) é da Frente Popular
-Não quera análise da prefeita Socorro..quero deixar ela à vontade
-Rio Branco tem jeito
-Nós vamos fazer uma grande mudança na cidade de Rio Branco

Obs: Tião Bocalom está há 5 anos com a esposa em UTI domiciliar em Minas Gerais

(…)

No nosso canal no youtube

No nosso canal no facebook