Nova variante Ómicron ‘pode reduzir eficácia das vacinas’

#omircron

omicron

Nova variante Omicron ‘pode reduzir significativamente eficácia das vacinas’

 

Estirpe foi inicialmente detectada na Africa Austral (África do Sul, Angola, Botswana, Lesoto, Madagáscar Malawi, Maurícia, Moçambique – oestadoacre)

Agência Lusa, de Portugal (Algumas palavras abrasileiradas) – O Centro Europeu de Controle de Doenças (ECDC na sigla original) alertou hoje que a nova variante do vírus SARS-CoV-2 suscita “sérias preocupações de que possa reduzir significativamente a eficácia das vacinas e aumentar o risco de reinfecções”.

Num comunicado sobre a avaliação da ameaça da variante B.1.1.529 da SARS-CoV-2-Omicron, e com base na informação genética atualmente disponível, o ECDC diz que a nova variante detetada na África Austral é a mais divergente (em relação ao vírus original) detetada até hoje.

A diretora da ECDC, Andrea Ammon, disse citada no comunicado que há ainda muitas incertezas em relação à transmissibilidade, eficácia das vacinas ou risco de reinfecções, e pede proatividade na implementação de medidas para “ganhar tempo” até haver mais informação. (segue Em Tempo)

(…)

Em tempo: Peru, ao lado do Acre, informa que não se detectou a variante Omicron no país…A Delta é a predominante no vizinho. (segue Em Tempo)

Em tempo 2: Bolsonaro não quer fechar aeroportos para voos da Africa e de alguns países da Europa…Cientista Nicoleli recomenda fechamento.

oestadoacre