Governo e banco alemão levam benefício a Kaxinawás

gov-em-tk
Governador Tião Viana passa o dia em aldeia de Tarauacá

Graças a uma parceria com o banco alemão KfW, a Terra Indígena recebeu um barco com capacidade para 10 toneladas destinado ao escoamento da produção, além disso, serão construídos nove centros de convivência e à celebração indígena, e distribuídas quatro mil mudas de espécies frutíferas e roçadeiras.

“Esta parceria com o governo é muito importante. Precisamos reconhecer esse esforço do governador em valorizar os povos indígenas. Esses investimentos fortalecem não apenas a segurança alimentar, como também a nossa cultura. Estamos vendo a realização de nossos sonhos”, destaca o cacique da aldeia Água Viva, José Benedito Kaxinawá.

Terra Indígena vai receber investimento de R$ 200 mil do Proser

 

Os moradores da Terra Indígena da Praia do Carapanã receberam de Tião Viana uma outra boa notícia. O investimento é de cerca de R$ 200 mil, oriundos do Programa de Saneamento Ambiental e Inclusão Socioeconômica do Acre (Proser), com recursos do governo do Estado e do Banco Mundial.

O montante vai financiar a construção de barcos, aquisição de kits de casas de farinha, implantação de um viveiro de mudas e o incentivo à criação de pequenos animais.

Tião Viana agradeceu a recepção calorosa na aldeia e afirmou ser o reconhecimento da parceria que o governo do Acre tem feito com as comunidades indígenas.

“Isso aqui é maravilhoso. Este povo procurou construir seu destino, recuperar sua identidade cultural, seus valores e sua espiritualidade. O que fazemos é respeitá-los e damos oportunidades. O resultado é que eles já são referência na piscicultura e vão crescer ainda mais. Ficamos orgulhosos de ver esse povo que constrói o seu futuro com o apoio do governo do estado”.

(…)