Na Alemanha já chamam Temer de vampiro