Alguém explique ao Alan Rick que o Estado não faz corrupção…

# alan rick deputado acre dem

alan rick

Leia o que o deputado do DEM afirma em release enviado às redações a propósito de projeto de sua autoria para reduzir o preço do combustível na região Norte:

Os corruptos quebraram a Petrobrás. Desviaram bilhões em recursos públicos da estatal (por isso querem mantê-la sob o domínio do estado) e agora, a atual política de preços que busca ‘recuperar a empresa’ é uma afronta à população. São mais de 100 aumentos desde então.

Alan, quem faz corrupção são os agentes privados que tomam de assalto o Estado…

A Odebrecht não é estatal…a OAS, a JBS…nenhuma delas é estatal, sabia deputado Alan Rick?

Se não existir a participação de agentes privados (empresas, empresários, pessoas físicas e jurídicas) não tem como acontecer corrupção no Estado….o Estado não rouba para si.

Os petroleiros e os trabalhadores conscientes do Brasil querem a Petrobras estatal…os petroleiros e trabalhadores conscientes não são corruptos, deputado Alan.

E mais sua excelência, deputado Alan:

O preço da gasolina já subiu mais de 100 vezes desde que Dilma foi retirada do poder porque essa é política do seu governo, de corrigir em Dólares o preço do litro da gasolina prejudicando o povo que vive e recebe em Reais cada dia mais desvalorizado.

O senhor é responsável por esses aumentos, nobre parlamentar!

O senhor (junto com a maioria de seus colegas de bancada do Acre) ajudou a rasgar a Constituição e pôr o traidor e fantoche no Palácio.

Agora o senhor quer reduzir o preço da gasolina?

Agora?

Sabe quando o senhor vai conseguir?

Quem sabe no dia que o senhor pôr a mão na consciência e chegar à conclusão de que o seu voto no golpe foi uma desgraça para a maioria do povo….como o senhor não se arrependerá, todos sabemos – o preço do litro da gasolina no Acre seguirá sendo o mais caro do país.

Relembre o seu voto no golpe, deputado Alan….o seu e o de seus colegas golpistas e não golpistas.

O senhor disse bem alto: ‘SIM’ ao Golpe (aumento da gasolina, redução drástica do Fies, redução drástica do Bolsa Família, Congelamento dos Investimentos Sociais – saúde, educação, segurança e infra – por Duas Décadas, Reforma Trabalhista do Patrão, Salário Mínimo reduzido, Privatização da Eletrobras e dos Correios….)

É triste, deputado Alan…é mais que triste: é decepcionante rever o seu voto e de seus colegas pró-golpe.

O seu Sim ao golpe é uma nódoa que jamais sairá da sua biografia.

Agora, um alento…: como palanque eleitoral, o seu ‘projeto’ até que é uma boa pauta para iludir os cabeças-oca.

J R Braña B.