Projeto limita cobrança por perdas de energia a 5% da conta (a)