Perpétua na Bolívia: luta por 6 mil estudantes acreanos (enquanto isso em Sena, dentro de uma igreja…)

perpetua bolivia

No país vizinho estudam pelo menos 20 mil alunos brasileiros de vários estados.

6 mil somente do Acre.

Nesta segunda-feira uma missão oficial da Câmara dos Deputados, tendo à frente a deputada federal Perpétua reúne em La Paz com estudantes e dirigentes das universidades bolivianas.

Perpétua e outros parlamentares de outros cantos do Brasil querem saber o que se passa com os estudantes brasileiros, que reclamam e muito das condições e exigências das universidades bolivianas.

Essa não é a primeira vez que esse tipo de encontro acontece.

Os pontos que a deputada acreana vai  debater na Bolívia.

Na capital La Paz e em Santa Cruz.

-Situação dos acreanos estudantes naquele país

-Revalidação dos diplomas para os formandos depois que voltam ao Brasil

-Emissão de documento de formação de grado

Perpétua falou com a coluna sobre a viagem:

-Há quase 12 anos estou na luta para que os estudantes brasileiros formados no exterior possam trabalhar no Brasil. Venho colaborando com a tramitação dos documentos em Brasília, dando informações sobre como estudar fora, dificuldades e exigências. Sempre fui a voz dos estudantes junto às autoridades bolivianas para pedir mais atenção aos nossos alunos. E sempre cobrei agilidade na tramitação dos documentos e também acompanhando os que conseguiram se formar.

A deputada continua:

-Nossa maior luta é para que o Exame Nacional de Revalidação de Diplomas, o Revalida, seja a nível de graduação e não de especialização como acontece hoje.

Perpétua conta também que tem lutado para que o governo brasileiro aumente a frequência da aplicação do Exame de Revalidação.

-Recentemente pedi ao nosso governo que conceda taxa de IOF (Imposto Sobre Operações Financeiras) para os nossos estudantes que estão fora do país. Por isso, os estudantes brasileiros e acreanos, especialmente, sabem que podem contar comigo.

Leia a programação na Bolívia que a deputada Perpétua participará:

Dia 02/06 – Segunda-feira

La Paz

9:45 – Ministério da Saúde
11:00 – Ministério da Educação

Dia 03/06 – Terça-feira

Santa Cruz:

8h30 – Conversa com reitores das universidades bolivianas. Local: UDABOL
10h30 – Reunião com estudantes brasileiros. Local: UDABOL

Na tarde de terça, retorno para o Acre e à noite para Brasília.


Enquanto isso…

Chega a informação…

De que numa igreja (Filadelfia) de Sena Madureira o doutor GladsonC e candidata a vice de MBittar falavam cobras e lagartos de Perpétua para mulheres e jovens fiéis.

Que coisa feia.

E dentro de uma igreja.

Com Deus vendo tudo.

Em pleno domingo.



Hoje existe secretaria de Indústria e Comércio no Acre

parque epitacio..

Nesta segunda, mais um município do Estado ganha o seu polo industrial.

Epitaciolândia.

Só um detalhe:

É neste mandato de Tião Viana que a secretaria de Indústria e Comércio (que historicamente nunca serviu para muita coisa no Acre) tem o seu melhor desempenho.

Que passou a existir de fato.

Amanhã mais informações do empreendimento do Governo do Acre.



Menos tabaco (Acre dá exemplo)

Dados da Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel) apontam redução no Acre de 52%.

Entre os anos de 2006 a 2013 no consumo de tabaco entre os adultos.

Muito bom.

Vamos chegar aos 90%.

infografico-dia-mundial-sem-tabaco-PNG32

fonte:governodoacre



Frase

 

-A poderosa  Globo, agora forçosamente, cria um clima positivo para a Copa. Vergonha cívica, não ter feito isso há meses…

Governador Tião Viana, no Twitter, na noite de domingo.


 

FHC (fantasma) critica BNDES, BB e Caixa

Em artigo no domingo em diversos jornais, o ex-presidente FHC, que deixou o governo com baixo índice de aprovação (ao contrário de Lula) fez duras críticas aos bancos públicos.

Porque ajudaram a aumentar o crédito aos brasileiros nos últimos anos.

FHC queria vender o Banco do Brasil e a Caixa de uma só vez.

Não conseguiu.

Só para lembrar:

O PSDB entregou o país a Lula com Inflação de 12,5% ao mês.

Por isso…Deus nos livre dos fantasmas do passado.



Invasão latino-americana  na Copa

Centenas, milhares de irmãos sul-americanos estão se preparando para vir ao Brasil ver a Copa de perto.

E não estão nem aí para a propaganda negativa que a mídia faz do nosso país.

Os coxinhas não vão conseguir melar o evento.

Uma matéria na Folha de domingo mostra um grupo de 800 chilenos, classe média baixa, que estão vindo sabe Deus como.

Alguns vindo com veículos adaptados para dormir.


O tamanho da irresponsabilidade
capajornais

[print do Tijolação]


Por hoje, FIM