III Encontro de Marceneiros do Acre (Em Cruzeiro do Sul)

Quando o primeiro encontro de marceneiros do Acre ocorreu em abril de 2011, os ânimos não foram dos melhores. A categoria que se sentia desvalorizada não conseguia as licenças para trabalhar. Agora, nesta terça-feira, 1, em Cruzeiro do Sul, ao abrir o III Encontro de Marceneiros do Acre, o governador Tião Viana comemora junto aos empresários as conquistas do setor, que hoje conta com a impressionante marca de 92% de todos os marceneiros do estado licenciados.

marceneiros gov tiao
Fotos: Diego Gurgel

O Acre tem cerca de 400 marceneiros. A gigantesca maioria beneficiados por um projeto implantado ainda nesta gestão em que as licenças de trabalho foram expandidas pelo governo a custo zero. “Porque a democracia é alimentada pela participação. E o que vocês fazem aqui é isso. Ouvimos vocês em 2011 e agora o resultado está aqui, com uma atividade que só se fortalece”, disse o governador.

O secretário de Floresta, Indústria e Comércio, Edvaldo Magalhães, lembrou que o governo investiu ao todo R$ 54 milhões no setor marceneiro. Além da construção de novos parques industriais. “Nós entregamos dez parques industriais, dez polos moveleiros e outros estão prestes a sair. Esse governo construiu 95 galpões modernos em todo o estado para a atividade moveleira”, ressalta Edvaldo.

Outra das grandes conquistas do setor foi o Programa de Compras Governamentais, que valoriza em primeiro lugar a movelaria acreana, e beneficiou diretamente estes marceneiros, do pequeno ao grande. Só na região do Juruá, o governo do Estado comprou cinco mil carteiras escolares pelo programa, incentivando ainda mais a economia.

[divulgação agana]