PT filia mais de 100 em Sena Madureira e mira 2016

Com as presenças do deputado federal Leo de Brito e do presidente estadual Ermício Sena, o PT de Sena Madureira realizou no sábado ato de filiação de pelo menos 100 novos petistas, incluindo servidores públicos e trabalhadores rurais.

O ato aconteceu no auditório da escola Dom Julio Mattioli, que ficou lotado, e contou com os convidados Gilberto Lira, presidente da Câmara de Vereadores do município e do ex-prefeito Nilson Areal, que teve o nome realçado na plenária por vários petistas.

O vice-prefeito de Sena, Hermano Filho, compareceu ao ato, mas não compôs a mesa.

De olho na eleição do próximo ano, o PT de Sena tem pelo menos dois nomes para pôr na mesa da Frente Popular na hora de escolher quem será o candidato oficialista no municípios: Alan Areal e Cleyton Brandão, este presidente do PT local.

Cleyton e Alan são os nomes do PT hoje em Sena, mas pode aparecer ainda o nome da empresária Charlene Lima, que ainda falta assinar a ficha de filiação.

O PT acredita acredita que já tem o direito de indicar o candidato a prefeito no município, pois segundo seus dirigentes, o partido sempre apoiou nomes de outros partidos para a chapa majoritária. E agora, avalia a agremiação, chegou a sua vez.

No entanto, o presidente do PT de Sena, Cleyton, diz que o partido entrará na discussão com tranquilidade nesse assunto eleição com os aliados da Frente Popular.

-Todos os partidos têm o direito de indicar nomes. O PT vai trabalhar os seus nomes e os apresentará para avaliação dos nossos aliados em primeiro lugar. Temos consciência de que uma candidatura a prefeito precisa estar calçada no apoio de várias forças e não somente na de um partido. A eleição é somente no ano que vem e até lá o partido tem tempo para pôr os seus nomes para a apreciação da população e dos nossos históricos aliados da Frente Popular – disse Cleyton.

Maior crítico do PT em Sena assina ficha de filiação

cleyton