O pânico em Rio Branco só interessa aos sensacionalistas de plantão


J R Braña B. – 

A imprensa porta-de-delegacia – sensacionalista – e brega está em festa com os últimos acontecimentos na capital do Acre.

É a glória!

Divulgam fatos como se Rio Branco estivesse sem controle da segurança pública e fosse um campo de batalha iminente.

São os doentes por notícias policiais e violentas.

Uma praga que tomou conta do ‘jornalismo’ local e nacional, especialmente nas tvs abertas.

E vivam os ‘professores’ Datena e Marcelo Resende (e antes deles Afanásio Jazadji e Gil Gomes, os pais do jornalismo mundo cão).

Enquanto isso, os políticos, que decidem a vida de todos nós, deitam e rolam…

E nesta quarta tem o TCU fazendo política e querendo subtrair os 54 milhões de votos dados à presidenta Dilma.

Mas o que interessa é o mundo cão para distrair os bobos do que realmente tem importância.

policia1

 

J R Braña B. –