Sena: Em que ajuda a foto de uma pessoa estirada numa cama de hospital?

A presença de Mazinho Serafim na solenidade de entrega pelo governo do estado da indústria de GEB em Sena Madureira, no começo da semana, não deveria ter acontecido por um motivo óbvio: o prefeito não reunia a menor condição física para ir ao evento.

Faltou alguém – assessor político ou uma pessoa com três neurônios na cabeça – dizer: ‘olha, prefeito, não é aconselhável ir a esse evento ou a qualquer lugar. E explicava os motivos.

E, se fosse, teria que ir preparado…(o prefeito foi completamente despreparado – nem tinha como se preparar – para uma reunião com o governo do Acre, que não é aliado seu).

Alguns apoiadores do prefeito chegaram a comentar com este blogueiro a situação na ocasião.

Mas tudo que é ruim pode piorar, diz a máxima antiga.

A foto distribuída hoje pela prefeitura de Sena mostrando o prefeito em cima de um leito de hospital é de um amadorismo inacreditável (a assessoria de imprensa não tem culpa, pois quem deve decidir é a assessoria política que, parece, Mazinho não tem).

O prefeito de Sena Madureira foi exposto sem necessidade alguma.

Qualquer cidadão (ã) seria.

Jamais distribuiria uma foto dessas de um amigo meu, um parente, muito menos da minha mãe, por exemplo.

Este blog se recusou a divulgar fotos sensacionalistas de Pe. Paolino Baldasari, há um ano e pouco.

Não votei no prefeito do PMDB (aliás não votei em nenhum em Sena… meu voto foi nulo/branco), mas entendo que um prefeito, a maior autoridade de um município não pode ser exposto em cima de uma cama assim, sem mais nem menos.

Mas enfim, a foto está no ar e em toda rede…

E repito, a foto do prefeito estirado num hospital não ajuda em nada a ele, à prefeitura dele, e muito menos à cidade de Sena Madureira.

J R Braña B.