Perpétua detalha ‘Orçamento do Covid’ e a baixa execução do Gov Bolsonaro

#perpétuarecursos

Para piorar é um governo incompetente…. – J R Braña B.


A minha assessoria, na liderança do PCdoB, fez um pequeno resumo para acompanhamento do Orçamento Covid. Isso pode te ajudar no trabalho de divulgação para a população. Abraços:
Dep Perpétua – Líder do PCdoB

perpétua

Orçamento Covid* (até 7/6):

Dos R$ 303,5 bilhões autorizados, apenas R$ 118 bilhões (39%) foram executados e pagos, sendo:
– R$ 76,4 bilhões entregues para pessoas, no benefício emergencial (50% do disponível)
– R$ 9.,8 bilhões entregues para empregados, no abono emergencial (19% do disponível)
– R$ 17,0 bilhões entregues para os bancos, para financiamento da folha de salários, (50% do disponível). Mas, até 21/05, apenas R$1,9 bi havia sido emprestado para empresas, o restante ficou parado nos bancos
– R$ 11 bilhões entregues para a saúde (apenas 28% do disponível)
– R$ 2,0 bilhões entregues para a estados e municípios (FPE e FPM) (apenas 12% do disponível)
Dos R$ 60 bilhões determinados pela LC 173 (PLP 37), nada foi executado, apesar de já contarmos 30 dias da aprovação
Os baixos índices de execução refletem o atraso na proposição, na aprovação e na sanção das medidas. E ainda, em maior grau, o total desrespeito para com a concretização das ações e a liberação dos recursos.


Inumeráveis – (Memorial dedicado à história de cada uma das vítimas do coronavírus no Brasil) –

Orlando Gomes da Silva

Dançou com a filha, em sua formatura e em seu casamento, a música “Coisinha do pai”.

(não há quem goste de ser número…gente merece existir em prosa)


petecão