OMS adverte que vacina contra Covid pode não estar disponível antes de 2022

oms

La Vanguardia

oms
Personal sanitario apoyado por militares del ejército realizan pruebas de COVID-19 a los pobladores del Asentamienro Humano Pampa Los Olivares-Villa Leticia de Cajamarquilla, hoy en Lima (Perú) (Paolo Aguilar / EFE)

A cientista-chefe da Organização Mundial de Saúde (OMS), Soumya Swaminathan, alertou hoje [9/9] que não espera que possíveis vacinas contra Covid-19 estejam disponíveis para a população em geral antes de dois anos, embora sejam os primeiros grupos de risco possam ser imunizados em meados de 2021.

“Muitos pensam que no início do próximo ano virá uma panaceia que resolverá tudo, mas não será assim: é um longo processo de avaliação, licenciamento, fabricação e distribuição”, frisou a especialista em sessão de perguntas e respostas com usuários da Internet por meio de redes sociais.

(…)