Quem paga a conta dos mais de mil humanos mortos?

conta#

conta
Foto-montagem do ac

(…)

Supermercados de Rio Branco, redes de farmácias (e bancos) são os únicos que não podem reclamar de prejuízos nesta pandemia.

Nunca fecharam em um ano!.

Só no Brasil da exploração e do desemprego supermercados não fecham em finais de semana.

Os prejuízos que devem ser ressaltados e cobrados são os prejuízos humanos, senhores!

O Brasil caminha para 300 mil mortes e não há vacina para todos por absoluta irresponsabilidade do governo Bolsonaro.

Esse é o verdadeiro prejuízo!

O resto é choradeira mesquinha de quem só ganhou com a desgraça enfrentada por milhares de famílias.

Em tempo: Rio Branco e o Acre têm os supermercados com os preços mais altos e absurdos do Brasil.

J R Braña B.