Vacina: Fura fila barnabé perderá cargo público e políticos, o mandato

furafila#

GabParl do Dep Edvaldo

edvaldo
Dep Edvaldo Magalhães

 

Projeto de autoria do deputado Edvaldo Magalhães (PCdoB) que visa endurecer o jogo e punir quem furar a fila da vacina anticovid foi aprovado por unanimidade nesta terça-feira (30)(…)

(…)

Isso mesmo, o agente público e o imunizado pela vacina serão passivos de punição prevista na referida lei federal. No caso do servidor público, se comprovada a facilitação, perderá imediatamente a função pública, seja comissionado ou efetivo, e em caso de agente político, a perda do mandato eletivo e a suspensão dos direitos políticos por 3 a 5 anos.

(…) Embora pareça dura, ela tem o objetivo de resguardar os grupos prioritários na ordem de vacinação contra a covid-19. A doença, no Acre, já matou 1.240 pessoas desde o início da pandemia. O parlamentar defende que é preciso tratar os mais frágeis com equidade. Ou seja, os mais frágeis primeiro.

-É inadmissível que pessoas saudáveis passem à frente de idosos, por exemplo, ou profissionais de saúde que atuam diretamente com doentes acometidos pela covid-19. Entendemos ser razoáveis e perfeitamente aplicáveis as medidas propostas na lei. Foi uma vitória dos que mais precisam da vacina – ressaltou o deputado Edvaldo Magalhães.

(…)

Em tempo: O Brasil foi o país no mundo que inventou o fura fila da vacina.…é ridículo, mas é verdade…fura fila da vacina é made in Brasil (de Bolsonaro)