CNC: Famílias do Acre são as mais endividadas desde 2010

#endividamento

CNC/brasil123

Acre lidera ranking nacional de famílias endividadas em agosto

 

Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) divulgou nesta quarta-feira (25) os dados mais recentes da Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic). Segundo os dados, 72,9% das famílias brasileiras estavam endividadas em agosto. Mas o percentual é ainda mais expressivo no Acre, que lidera ranking nacional.

Em resumo, 93,7% das famílias acreanas estavam endividadas em agosto deste ano, percentual muito superior à média nacional. Embora o nível seja bastante elevado, o Acre possui o 10º menor rendimento mensal per capita entre as Unidades Federativas (UFs) do Brasil, com cerca de R$ 917.

Aliás, o valor é menor que o salário mínimo nacional vigente (R$ 1.100) e a média brasileira (R$ 1.380), segundo dados de 2020 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Em seguida, aparece o Paraná, onde mais de 90% das famílias estavam endividadas em agosto. No entanto, em relação ao estado paranaense, o rendimento mensal per capita é o quinto maior do país de R$ 1.508. A saber, ambos estão entre os cinco estados do país que possuem os maiores comprometimentos da renda familiar com dívidas. (…)

(…) CNC afirmou que “Acre, Ceará, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Pernambuco e São Paulo são os estados em que as proporções máximas de famílias estão endividadas, desde janeiro de 2010”.

(…)

Em tempo: as aulas do professor de economia José Porfiro (em oestadoacre, live) tem esclarecido sobre esse assunto…a Financeirização…o mecanismo que atinge a todos sem que você se dê conta – oestadoacre