Instituto Ecumênico: Combate à intolerância religiosa

#IE

intolerância

Divulgação

O INSTITUTO ECUMÊNICO FÉ E POLÍTICA NO DIA NACIONAL DE COMBATE À INTOLERÂNCIA RELIGIOSA

Mais uma vez comemoramos o Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa, no dia 21 de janeiro, com o objetivo de alertar a população para o perigo da discriminação e do preconceito religioso. Também para dar visibilidade à luta pelo respeito a todas as religiões, que é um dos objetivos do Instituto Ecumênico Fé e Política.

Intolerância religiosa é a falta de habilidade em reconhecer práticas e crenças religiosas diferentes.
Falta de habilidade que se manifesta em atitudes de arrogância e egoísmo autoritário, desrespeito, como se tal conduta fosse a única certa, enquanto as demais estivessem todas erradas.

Pessoas intolerantes, mesmo sendo religiosas, geralmente demonstram uma contradição com a sua própria crença, pois, com certeza, os seus líderes espirituais, o Deus que seguem, praticam respeito aos diferentes.

Os Grandes Mestres da Humanidade trazem em suas mensagens, lições de amor para iluminar nossos corações e consciências.

Pessoas intolerantes não perceberam ainda que as mensagens de Jesus, Buda, Krishna, Kardec, Papa Francisco, das Divindades do Candomblé, da Umbanda, dos líderes espirituais indígenas, dentre tantos outros seres iluminados, são ensinamentos para a transformação amorosa.
Nas suas sábias palavras, atitudes, exemplos, encontramos um amor gratuito e respeitoso, mensagens de luz que orientam a humanidade para o caminho da harmonia, do entendimento, do respeito que é o verdadeiro caminho da salvação.

Contudo, a prática que grandemente difunde a intolerância, parece ter crescido. Por isso, vemos pessoas atacando, ofendendo umas às outras, com o julgamento de que são as únicas certas.

Num sentido político e social, intolerância é a ausência de disposição para aceitar pessoas com pontos de vista diferentes.
A dificuldade em aceitar diferenças aponta uma falsa ameaça naquele que não é um igual, gerando, em consequência, ódio, atitudes violentas, completamente danosas para a humanidade.

O Instituto Ecumênico Fé e Política do Acre – IEFP/AC tem em suas diretrizes básicas, alimentar a pratica do respeito para com todos, acreditando que através desse exemplo de vida, da pregação destemida do amor ao próximo, nossa sociedade avançará no conhecimento e no desenvolvimento com harmonia espiritual, pois a fé com a espiritualidade verdadeiras, são sustentadas essencialmente pelo Amor, sendo sua expansão a única forma de diminuir o ódio e suas manifestações, fazendo com que neste plano onde vivemos, haja mais fraternidade, solidariedade, justiça e paz.

Instituto Ecumênico – divulgação

Catedral Nossa Senhora de Nazaré – Algumas orientações (em pdf)