Senta que lá vem a história…!

lorota

lorota
(…)Print do ac

(…)

No modelo político perverso e excludente do Brasil, qualquer que seja o presidente, o nome forte da economia será definido pelo mercado (a elite financeira, que não se resume mais somente aos bancos tradicionais).

Para não ser assim, o futuro presidente (caso seja Lula) teria que romper com o que está estabelecido…e isso não vai acontecer…precisaria haver algo extraordinário politicamente…

E se esse algo extraordinário não vai vir, a possibilidade de JV ser o Paulo Guedes de Lula não existe…

Paulo Guedes só virou ministro da economia porque o Brasil precisava afundar como nação…

Bolsonaro foi eleito para destruir o Brasil e suas conquistas sociais, humanas (embora os 50 e tantos milhões de pessoas que votaram nele não soubessem à época…muitos não têm ideia até hoje)…

Para JV virar ministro da economia, Lula (caso eleito) teria que estar disposto a algo insuperável, surpreendente no seu terceiro mandato…Estará?

Anotem: Lula, se eleito, fará um governo civilizado, mas liberal…talvez mais ainda do que foi os seus dois mandatos…

Será mais um governo de transição….transição dentro do próprio liberalismo (o modelo que domina o Brasil hoje)….com políticas de humanização, compensatórias e com alguma melhora na distribuição de renda – que é uma característica política de Lula e do PT.

J R Braña B.

oestadoacre.com (inscreva-se no nosso canal..apenas um clique aqui)