Data Folha admite segundo turno entre Bolso x Haddad

# eleição 2018

Fernando Brito (tijolaço), do Rio

data folha
Data Folha

Não deu para “forçar a barra” e sugerir uma vitória de Jair Bolsonaro no primeiro turno.

O Datafolha divulgado agorinha indica que Jair Bolsonaro teria 36% dos votos totais, apenas 1% a mais (dentro da margem de erro, portanto) que os 35% que marcou na pesquisa do instituto, anteontem.

Haddad permanece nos mesmos 22% do levantamento anterior.

A diferença é de 13%dos votos totais ou, considerados apenas os votos definidos (excluindo brancos/nulos e indecisos) de 40% para 25%, treze pontos.

O pior parece ter passado.

Se tivessem condições de empurrar uma vitória do candidato fascista no primeiro turno, o teriam feito.

Bolsonaro não teria praticamente estacionado se não houvesse uma resistência ao fascismo que representa.

Votos que não se transferiram a ele, em meio a esta onda,  terão resistência em transferir-se depois.

Não passou, significativamente, do terço de votos que a direita sempre tem.

Adiante, com toda a força, para diminuir esta vantagem amanhã.

Ciro Gomes ganha relevância política  porque a transferência de seus votos  já assegura o empate e, politicamente, pode significar a vitória.

Segunda-feira ou mesmo na noite de amanhã um novo cenário começa a se desenhar.