Doc secreto: Pe. Paolino foi vigiado pela Polícia Política na Ditadura

pe. paolino #

(…) a cooperativa com a orientação de Pe. Paolino tem um excelente trabalho de organização…(…) Pe. Paolino montou ali uma verdadeira comuna – trecho hilário do dossiê da polícia política sobre as atividades do padre revolucionário

Documentos obtidos e divulgados pela contilnet mostram que Pe. Paolino foi monitorado e vigiado pelos arapongas da Ditadura (a polícia politica) desde quando começou sua missão social no Acre, em especial em Brasileia e por várias décadas em Sena Madureira.

Organizar uma cooperativa de trabalhadores num seringal era motivo de dossiê, como esse que você vai ver abaixo…

Os relatórios falavam em ‘comunas‘…o modo como Paolino organizava os moradores em suas regiões dos Rios Iaco e Icuriã.

Era um tempo ainda difícil no Brasil (1981…já com a Ditadura morrendo…)

Este blog, que foi um parceiro de Paolino por muito tempo, ajuda publicar também os documentos obtidos pela contilnet para que todos possam ver como são perversas as ditaduras…

Perseguem pessoas que ajudam outras a sobreviver e ganhar consciência de classe…

Paolino, mais que um padre que rezou missas e andou pelos rios, foi um revolucionário social que Sena Madureira não aproveitou como deveria…sequer o compreendeu…

Mas ele deixou um legado…que, quem sabe o futuro do município, saberá entender e aproveitar em benefício social da cidade….

Viva o revolucionário social Pe. Paolino!

Abaixo, parte de um dossiê dedurando o mais importante religioso ativista social do Acre.

paolino
Documento Confidencial sobre as atividade de Pe. Paolino na década de 80 nos rios de Sena Madureira

paolino

J R Braña B. (en vacaciones…cuida aí, Maria Lúcia)


webrádio oestadoacre – na nuvem para você ouvir de qualquer lugar…


Ative o sininho e receba as notificações de oestadoacre…no mesmo segundo que é publicada….