Sena ganhará 56 casas do Estado para vítimas das enchentes

Para garantir essa assistência depois da alagação, o governo do Estado, por meio da Secretaria de Habitação, através da utilização dos recursos do Fundo de Arrendamento Residencial (FAR), do Programa Minha Casa, Minha Vida, vai viabilizar e apoiar os municípios na aquisição de 211 unidades habitacionais distribuídas da seguinte forma: 56 na cidade de Sena Madureira, 79 em Brasileia e 76 em Xapuri.

secretario-aurelio-cruz-prefeito-de-sena-mano-rufinoPara que as cidades citadas tenham direito ao recurso disponibilizado pelo governo federal, é necessário o enquadramento nas normas do referido programa, além de comprovar junto à União, por meio de uma Avaliação de Danos (Avadan), a área afetada e o quantitativo de famílias.

“É importante que os gestores saibam os procedimentos que a prefeitura deverá adotar para que os recursos sejam liberados e tudo dê certo. A Sehab irá acompanhar os mesmos em relação à documentação necessária para liberação do recurso pela União”, disse o secretário de Habitação, Aurélio Cruz.

Após o envio da documentação comprobatória a autorização dos recursos estará condicionada a análise técnica da instituição financeira oficial federal. O apoio do governo do Estado para as cidades já foi garantido por meio da Secretaria de Habitação que está à frente desse trabalho e que já contatou as prefeituras para que reuniões sejam realizadas em breve.

O prefeito de Sena Madureira, Mano Rufino, antecipou-se e já esteve na Sehab para esclarecer os procedimentos e ir em busca dos recursos. Para ele, a parceria entre o governo do Estado e o município vai garantir mais segurança às famílias que sofrem com o período das cheias dos rios.

“Já fizemos um levantamento da quantidade de famílias que precisarão mudar para um conjunto habitacional, e com a ajuda do governo do Estado trabalharemos para que até o fim de 2013 todas as unidades habitacionais sejam entregues para essas famílias cadastradas”, finalizou Mano Rufino.


Join the Conversation