E a vida vai começar mudar para famílias que moravam em áreas alagadiças da capital

 

cidade do povo GUR_2290_Fotor_Collage-580x435
Foto:DiegoGurgel/govAC

Imagine uma casa para quem precisa e não tinha condições de tê-la.

Agora imagina quase 400 unidades.

Ao certo, 392 residências novas para 392 famílias que moravam precariamente em áreas que todo ano as águas do Rio Acre e igarapés da capital alagavam.

Ou para famílias que sequer tinham um lar digno.

Quinta-feira, a mudança!

Para começar.

‘A Cidade do Povo’ está virando realidade.

Porque daqui mais uns dias virará uma cidade.

Vai começar com 392 e depois mil.

Duas mil.

Quatro mil.

Seis mil casas.

Até serem concluídas as 10 mil.

Como gosta de dizer o governo, será a ‘terceira’ cidade do Estado (acorda, Sena Madureira!)

Ontem, futuros inquilinos foram ver como andam os finalmentes.

A emoção foi visível.

Quem não se emocionaria com uma casa nova?

Ainda mais quando lembra que a sua era localizada em local inapropriado.

Já tem até escola.

E mais de uma.

E todas bonitas.

A cidade da ‘Cidade do Povo’ tá só começando.

Muitas emoções estão a caminho.


 

Marcando o dia do Pagamento (25 mil dos Soldados da Borracha)

perpetua1 soldados

Ainda esta semana um encontro deve reunir a deputada Perpétua e o senador Aníbal na Casa Civil.

Eles vão ao Planalto saber quando será o dia que os 25 mil serão creditados nas contas dos Soldados da Borracha.

A boa notícia foi dada pela deputada Perpétua.

Sempre ela.

Em áudio que a coluna antecipou já noite de segunda-feira.

Perpétua não dá somente a notícia da reunião com o ministro mais próximo de Dilma.

A deputada orienta  os Soldados.

A família.

Porque os espertos (e todos já sabem quem são) estão querendo se aproveitar dos velhinhos.

Uma coisa só que Perpétua diz no áudio que você pode ouvir abaixo:

-Nenhum Soldado da Borracha é obrigado a pagar nada a ninguém.

Eu explico mais:

Advogado nenhum pode querer receber nada.

Sindicato nenhum pode exigir pagamento alegando contribuição e gastos com qualquer coisa.

Fiquem atentos!

O dinheiro vai entrar na conta normal que todo mês o Soldado da Borracha recebe a sua pensão.

Porque os 25 mil são de cada velhinho.

E somente deles.

E de mais ninguém.

Áudio com Perpétua…

 


Flaviano joga a toalha, anuncia Balsa da Oposição e diz em roda que ‘Tião Viana será reeleito’
flaviano melo

A Balsa dos tucanos e do Demo.

Da Oposição!

As conversas do domingo são as mais perigosas.

O relaxamento.

A preguiça.

O deputado federal Flaviano, velho dirigente do PMDB, pensou alto quando comia uma tapioca e tomava um café com amigos num dos mercados da capital.

Revelou que dificilmente o governador Tião Viana deixará de ser reeleito.

E agora, MBittar?

Flaviano não pensou como ficaria o ânimo do seu candidato, o MBittar, depois dessa opinião.

Que já não era bom, o ânimo.

Vai piorar.



Sem enquetes

O Tribunal Superior Eleitoral decidiu proibir a realização de enquetes.

E as pesquisas eleitorais precisam ser solicitadas.

Como eram antes.



Revista Veja ataca governo do Acre

E volta a falar na imigração de haitianos.

Só para lembrar:

Veja é Oposição e está em campanha para o PSDB.

Há tempos.

Mas vai pegar a Balsa novamente.



TelexFree

A maior furada.

Que expôs figuras públicas que nunca deveriam ter se metido com isso.

E outros que brigavam na defesa da ‘empresa de Deus’.

Não foi por falta de aviso.



Marqueteiro de Aécio tenta comprar perfil “Dilma” Bolada no Facebook
dilma beijinhonoombro


Tijolaço
– Num post publicado no final da noite de ontem, Jeferson Monteiro, o jovem e talentoso criador do perfil satírico Dilma Bolada, um grande sucesso da internet, revela as propostas que recebeu de um grupo que tem à testa Pedro Guadalupe, apontado pela Folha como “marqueteiro digital” de Aécio Neves.

Procurado por alguém para conversar sobre uma proposta comercial, Jeferson “deu conversa” e, como ele narra, “o cara me retorna o contato dizendo que falou com o Pedro Guadalupe, membro da equipe digital de Aécio Neves, que por sua vez queria falar comigo.”

“Nem deu tempo d’eu responder: o próprio Pedro Guadalupe me enviou um e-mail ansioso se fazendo de amigo, no melhor estilo “lobo em pele de cordeiro” num cinismo sem igual e como se nunca tivesse feito nada pra mim, querendo saber se era mesmo verdade que Dilma Bolada, estava a venda para aproveitar a personagem e usar o seu “capital político/poder para mudar opiniões” dos internautas.

Guadalupe, conta Monteiro, já havia ameaçado tirar o “domínio” Dilma Bolada no Facebook.

A resposta de Jeferson Monteiro é pública, postada em seu Facebook pessoal:

“Resolvi expor tudo isso aqui porque eu há mais de 1 ano venho sido constantemente atacado por pessoas dessa corja. Sujos e cínicos que têm a capacidade de inventarem mentiras absurdas que vão desde histórias de que mantenho “ligação direta com a Presidenta” até “de sou pago com o dinheiro público e recebo R$120 mil/mês” como foi dito recentemente num blog de simpatizantes tucanos. Não Pedro Guadalupe, eu não quero o dinheiro sujo de vocês. Diferentemente de você eu tenho caráter. Mas é esse o tipo de gente, que Aécio que diz com a maior cara de pau do mundo que “não vai tolerar campanha suja na internet” mantém na equipe, em contato constante com sua irmã, fazendo o possível e impossível para atacar a honra das pessoas e espalhar todo esse chorume de desinformação na internet.”

Guadalupe – que já tentou arranjar encrenca com este Tijolaço quando mostramos que, dois anos antes de se oferecer para a marquetagem de Aécio, escrevia artigos em seu site chamando-o de “O abominável homem dos Neves” e acusando-o de manipular a imprensa – vai ter que carregar as lições de um guri que não confunde ter talento humorístico com ter um caráter que seja uma lastimável piada como o seu:

“(…)eu queria dizer que nem todo mundo tem seu preço. E que eu e nem a minha criação estão a venda, nunca estiveram. Eu esperei ansiosamente pra escrever isso: vocês podem comprar quem quiserem mas a mim não. O que eu faço não há dinheiro no mundo que pague. Vocês deveriam ter sido um pouquinho mais espertos e terem tido o feeling pra saber que eu não sou e nunca vou ser como vocês. Lealdade não se compra e nem se vende.



Vídeo – O que o Brasil ganha com a Copa

Assista e tire suas dúvidas.


Por hoje, FIM