Seu Nilo não dá bola pra crise porque ele não acredita na crise que a TV mostra

O que faz muito bem.

E ainda emprega 15 pessoas.

É um heroi do Acre dos tempos atuais.

Um ecologista autêntico.

Que o Greenpeace nunca ouviu falar!

Ele transforma lixo em dinheiro e em trabalho.

Os ‘capitalistas’ locais, que só vivem se o governo ajudar, deviam fazer um Pronatec, um MBA com o seu Nilo.

J R Braña B. – 

 
AgGov
Miriane Teles

Fábrica de vassouras pet tem linha de produção inovadora

Mensalmente, são retiradas 60 mil garrafas descartáveis do meio ambiente e reaproveitadas pela Incovass, fábrica de vassouras pet. Os resíduos resultam em seis mil vassouras, que geram renda para 15 pessoas em uma linha de produção sustentável e inovadora.

“Sempre vi grande quantidade de garrafas pet e achei que teriam alguma utilidade”, conta o proprietário Nilo Marques. “A primeira pessoa a testar minha invenção foi minha esposa, e logo descobri que dava para vender, já que toda casa tem uma vassoura.”

Com as habilidades acumuladas de ceramista e marceneiro, depois Nilo desenvolveu ainda os equipamentos de fábrica. A confecção envolve seis máquinas, e a venda do maquinário é uma nova possibilidade de negócios, multiplicando a iniciativa para empresários interessados na produção.

Há 10 anos produzindo vassouras e há cinco participando da Expoacre, o empreendedor afirma: “Iniciei as vendas colocando as vassouras no ombro e oferecendo no meu bairro. Mas muitos tinham medo de comprar, porque achavam que era suja, era lixo, e levou tempo para desmistificar isso”.

Atualmente, as vassouras são vendidas em mercados da capital e também do Bujari, Senador Guiomard, Feijó, Tarauacá, Sena Madureira, Brasileia e Xapuri.

Fomento a inovação

Fomentando o exercício de economia criativa do empreendedor acreano, além do apoio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Florestal, da Indústria, do Comércio e dos Serviços Sustentáveis (Sedens), Nilo foi contemplado com R$ 150 mil em um edital.

O recurso provém da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), empresa pública federal de fomento à ciência, tecnologia e inovação, que por meio de um chamamento público seleciona propostas empresariais.

Com o recurso, foram realizadas melhorias nas instalações, localizadas na Sobral. Foi instalado piso no galpão e o maquinário, aperfeiçoado: “Pois os equipamentos eram todos feitos de madeira, agora são em metal”, explica. Também foi construído um escritório, e a informatização do negócio permitiu ao empresário gerar suas notas fiscais eletrônicas.

vassoura1vassourasvassoura2vassoura3vassoura4