Petecão: ‘Bocalom só quer uma oportunidade em Rio Branco’ (v)

petecão

O senador Sérgio Petecão foi o convidado de oestadoacre, live da noite quarta.

Petecão apóia o candidato Bocalom para prefeito de Rio Branco.

petecão

-Eu tô animado e ansioso (com a campanha para prefeito)

-Acho que vamos ter uma surpresa

-Três dias e uma madrugada pode acontecer tudo

-Temos 265 candidatos a vereadores

-Davi Alcolumbre depende de mudança na Constituição para ser candidato novamente

-Nessa eleição do senado eu não vou ficar de fora, pode ter certeza

-Tô com o coração partido com o novo Boca (Bocalom está com covid-19)

-Boca é um guerreiro

-Boca só quer uma oportunidade

-Fiquei com o Boca por questão de gratidão

-O Kassab (presidente nacional do PSD) não queria pôr a Marfisa de vice

-O partido quer deputados federais e senadores

-O Bocalom exigiu Marfisa de vice

-A campanha do novo Boca tem até Fank

-Nós arrumamos a lataria do Bocalom

-Ele usava umas camisas de manga comprida…

-Temos que dialogar com a juventude

-Essa campanha é diferenciada

-Quando todo mundo abandonou o Boca eu me agarrei com o Boca

-Eu tinha que vender o meu candidato, que não tinha mais defeito

-Temos uma equipe muito boa e não dependemos de governo

-As lideranças de bairros têm dificuldade de acessar à prefeitura

-Quero muito que Bocalom possa dialogar com essas lideranças de bairros

-Aqui na minha casa é lotada

-Quem não quiser ter aperreio não se meta na política

-A política tem que receber o povo

-Nós vamos fazer 18 prefeitos

-No Juruá vamos eleger todos os cinco

-Em Sena o Mazinho vai se eleger

-Manoel Urbano é difícil

-Brasiléia não dá pra fazer previsão

-Xapuri é pedreira

-Quinari vamos ganhar disparado

-Camilo em Plácido é a grande surpresa

-Em Rio Branco só dá Boca

-Tarauacá é outra pedreira

– Sou contra a privatização da água

-Disseram que com a privatização da energia ia ter energia melhor e barata…nem uma coisa nem outra

-Os 600 Reais salvaram muitas famílias

-O governo federal vai ter que criar uma saída a partir de dezembro

-A pandemia está voltando

-No Into tá tudo lotado

-Meu irmão passou três meses em São Paulo e não morreu porque tinha condições

-Existe uma pressão do governo que impede que alguns cargos entrem na campanha

-Tem algumas pessoas do nosso partido e do partido do Bocalom (que trabalham no governo) que só vêm aqui em casa de madrugada (com medo da pressão do governo)

-As pesquisas mostram o que estamos vendo nas ruas…

-Acredito que vamos para o segundo turno

-Não acredito que o Bocalom vença no primeiro

-Eu apoio o governo Bolsonaro, mas não sou um fanático bolsonarista

-Ainda tô acreditando no governo

-O que ele ganha dizendo que no Brasil tá cheio de maricas?

-O que isso ajuda o governo?

-Todo dia ele arruma uma confusao

-Não conte comigo para arrumar confusão

Assista: