Policial Rodoviário que criticou Bolsonaro vira alvo na PRF

policialrodov

UOL e Viomundo

prf
Na PRF há oito anos, Fernando César Borba de Oliveira era o chefe do núcleo de comunicação social da PRF em Curitiba (PR) quando foi denunciado por servidor anônimo. Foto: Arquivo PRF

Denunciado por criticar Bolsonaro, policial rodoviário federal diz que servidor deve lealdade à instituição, ‘não a políticos’

 

Em 2018, dois policiais rodoviários federais curtiram ou escreveram três publicações em redes sociais com mensagens do #EleNão, hashtag criada nas redes sociais contra o então candidato à Presidência Jair Bolsonaro, e duas críticas ao ex-juiz federal Sergio Moro.

Sete meses depois, os policiais foram alvo de uma denúncia de “um servidor que solicitou anonimato”, o que levou a PRF (Polícia Rodoviária Federal) a abrir um “procedimento de instrução preliminar”.