Indígenas na Aleac: ‘Estamos sendo ameaçados por fazendeiros’ (v)

#aleac

Audiência Pública com indígenas na Aleac

Indígenas participam de audiência na Assembléia Legislativa a convite do deputado Edvaldo Magalhães

-Por falta de corpo técnico o Acre perde milhões em crédito de carbono (Joaquin, indígena)

-100% dos indígenas pegaram covid e não fizeram teste rápido…nos curamos com os nossos próprios conhecimentos (Curumã. liderança indígena)

-O governo Gladson fechou as portas para os indígenas (Petrônio Katkina)

-Minha escola foi construída em 2009 e até hoje estamos esperando mesa, cadeira, computador…etc…mas na secretaria tá escrito lá que tem tudo…na saúde estamos sofrendo…tanto por parte do estado e do município (Rojane, indígena)

-Em Sena somos ameaçado por fazendeiros e madeireiros…há dias o meu filho e minha neta estavam pescando e atiraram neles…passamos por muitas necessidades…estou aqui, mas pensando na minha família que ficou lá…eu não moro em barrancos de rio..nós moramos na nossa comundiade..(Francisco Saldanda, jaminawa)