Perpétua: Emenda para garantir 13º aos Soldados da Borracha

perpétua dep #

perpétua
Perpétua no Parlamento do Mercosul, em Montevidéu (URU)

Reconhecida por lutar pelos direitos dos Soldados da Borracha, a deputada federal Perpétua Almeida (PCdoB/AC) apresentou nesta sexta-feira (31) uma emenda no texto da Reforma da Previdência para garantir a gratificação natalina aos seringueiros conhecidos como “soldados da borracha”.

A parlamentar conseguiu recolher 205 assinaturas e espera que o Congresso permita a aprovação do direito. “Foi uma das emendas com o maior número de apoiamento. Resta saber se o governo e sua base vão permitir a aprovação”.

Perpétua, que defende essa categoria desde os primeiros mandatos, ressaltou outras vitórias já garantidas. “Já conseguimos uma grande conquista, que foi o pagamento de R$ 25 mil para os soldados e viúvas daqueles que não estão mais entre nós e a manutenção da pensão mensal de dois salários mínimos, mas ainda considero uma injustiça que eles não recebam a gratificação natalina, conhecida como 13º salário, assegurado pela Constituição a trabalhadores, servidores públicos e segurados do RGPS”, explica.

Memória

A saga dos “Soldados da Borracha” ficou conhecida no Brasil quando esses trabalhadores foram convocados, pelo governo brasileiro, durante a Segunda Guerra Mundial, para trabalhar no corte da seringa, nos seringais da Amazônia, e tiveram papel estratégico no esforço de guerra. Muitas famílias botaram seus filhos ainda jovens para o corte da seringa.

“Esse é um acontecimento que precisa ser recontado sempre para manter-se vivo na memória dos acreanos e do Brasil, porque faz parte das nossas vidas, da nossa história”, afirma Perpétua.