ICMS da energia: Por que só o Estado deve abrir mão de receita?

icms energia #

isms


O governo está avaliando reduzir o percentual de 1/4 do ICMS na cobrança da tarifa de energia….

A medida é simpática e repercute no bolso dos consumidores, mas não resolve o problema, neste tempo de economia dolarizada e pandemia de coronavírus.

Reduzir ICMS ajuda no bolso neste primeiro momnto, mas prejudica a arrecadação do Estado e prejudica as inúmeras responsabilidades sociais do governo de plantão.

A pergunta que vem é por que o setor privado (privado de iniciativa), no caso a Energisa, não toma uma providência e ela, sim, também não reduz os valores de sua tarifa de energia?

Mesmo o governo zerando o ICMS (que não é o caso) a conta de luz no Acre ainda ficaria muito alta.

E permanece alta porque a política tarifária de energia, combustível e telefonia é toda dolarizada….para atender aos lucros dos acionistas desses setores.

Porém, a população não recebe em Dólares…recebe na moeda mais desvalorizada do mundo hoje, que é o Real (Bolsonaro e Paulo Guedes conseguiram desmoralizar o Real)

Portanto, a intenção de GladsonC em reduzir o percentual de ICMS na energia é uma medida política e econômica importante, mas que precisaria de complemento…

Em outras palavras, a Energisa, que ficou com o patrimônio da Eletroacre de graça (por míseros R$ 50 mil) precisa dar sua contribuição efetiva e reduzir o valor do custo do seu serviço essencial à população.

Mas, estamos acostumados: na hora da  dificuldade somente o poder público e a comunidade fazem esforço…o setor privado (especialmente energia, telefone, bancos, combustível…tudo dolarizado!) se escondem atrás de seus criminosos e indecentes lucros!

Em tempo: o 13º antecipado é outro equívoco…o governo precisa pôr grana extra na mão da população…13º já é um recurso carimbado do assalariado e não deve ser usado para socorrer um problema que não foi criado pelos trabalhadores…seu sentido é outro: ajudar aquecer a economia nos finais de ano…foi para isso que foi criado o 13º salário…portanto, o governo precisa ser ousado e criar condições para que a população tenha uma receita extra para atravessar a tempestade da pandemia do coronavírus…ousadia e inteligência, Excelência!!!

J R Braña B.