Vídeo: Vai a M. Urbano? Pare no caldo de cana da D. Madalena

manoelurbano

dona madalena
Os patinhos sabem quando você liga a câmera: eles aparecem de repente e só saem depois do clique

A BR-364 no Acre é um rodovia desumanizada na sua grande extensão…de Rio Branco a Sena não existe nada que possa se dizer que é humanizado…sequer há um local onde se possa parar para tomar um suco de graviola, cupuaçu, açaí ou mesmo um caldo de cana.

De Sena a Manoel Urbano, faltando 20 km para chegar na cidade rodeada pelo Purus, um sopro de humanização aparece de repente e tem um nome: Caldo de cana da Dona Madalena.

Fica do lado esquerdo de quem sai de Sena e é uma casa cheia de alegria com um açude ao lado repleto de peixe e onde a matriarca é dona Madalena.

Ela é falante, simpática e transformou esse cantinho – junto com o marido e os filho/as num oásis da rodovia desumana.

Liguei a câmera e dona Madalena não se intimidou:


Em tempo:
só a felicidade e a generosidade das pessoas podem transformar o Acre…é no que acredito!

J R Braña B.